Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Juntas reforçam pleito por auxílio emergencial do Estado

Representante do mandato coletivo Juntas (PSOL), a deputada Jô Cavalcanti mostrou-se preocupada com a flexibilização das medidas de isolamento social em  um momento de alto número de casos da Covid-19 em Pernambuco. Em discurso na Reunião Plenária desta quinta (1º), ela voltou a defender uma renda básica estadual para enfrentar os prejuízos econômicos e sociais da pandemia e permitir que as pessoas fiquem em casa. “Hoje inicia-se a reabertura após a quarentena imposta no Estado. Isso ocorre quando a gente atinge números recordes de mortes diárias pela Covid-19 e milhares de famílias choram pela perda de entes queridos. É inaceitável que elas sejam ignoradas pelo Governo Estadual”, criticou, registrando que o índice de ocupação de leitos de UTI ultrapassa os 96%. “Entendemos as dificuldades geradas pelo fechamento das atividades comerciais e pela suspensão das aulas. Mas não podemos cair na falsa dicotomia entre saúde e economia, sustentada pelo Governo Federal”, opinou Jô Cavalcanti, sustentando que a alternativa necessária para estender as medidas de isolamento e amparar os mais necessitados é um programa estadual de renda básica. “Segundo estudos da equipe técnica do nosso gabinete, apenas com a reorganização do Orçamento, Pernambuco tem condições de garantir R$ 159 milhões para a iniciativa. Isso seria suficiente para pagar, pelo menos, seis parcelas de R$ 350 a cerca de 70 mil famílias em condições de vulnerabilidade”, garantiu. A representante das Juntas sugeriu que o conjunto dos deputados faça uma indicação ao Poder Executivo Estadual nesse sentido. Em apartes, os deputados Teresa Leitão (PT) e João Paulo (PCdoB) respaldaram a proposta. “Que a ideia possa ser formalizada em uma indicação, apoiada por todos da Casa, solicitando ao Executivo que mande a este Poder projeto que garanta a renda emergencial em Pernambuco”, defendeu a petista. “É importante que Estados e municípios possam desenvolver esse tipo de ação”, acrescentou o comunista. No tempo dedicado à Comunicação de Lideranças, o deputado Romero Sales Filho (PTB) reforçou o pleito. Ele lembrou que iniciativa similar foi feita, com êxito, pela Prefeitura de Ipojuca (Região Metropolitana do Recife) no ano passado. “Foram pagas oito parcelas de R$ 500 a mais de quatro mil famílias. A prefeita, inclusive, enviou à Câmara de Vereadores proposta para retomar os pagamentos neste ano.”
01/04/2021 (00:00)
Visitas no site:  140087
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.